quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Por isso escrevo

Quando comecei a escrever novamente, tinha a sensação de que realmente seria diferente. Como já disse no primeiro post, minha primeira experiência com blogs havia sido desastrosa!
Agora, alguns posts depois, me deparei com uma agradável surpresa de uma certa Bípede Falante, que acompanho desde os primeiros dias do meu Sem Cerimônias.
Não lembro como cheguei a ela, mas lembro bem da primeira impressão que tive ao ler suas memórias: "nossa, às vezes também me sinto assim!". Sua maneira de escrever é leve, sem deixar de ser verdadeira. A maneira como expressa seus sentimentos me fascina, dá a sensação de que não estou sozinha em alguns devaneios...
A sensação de que este blog seria diferente deu lugar a uma certeza: está sendo diferente sim! Tudo o que eu queria era somente isso: escrever para pessoas legais, como minha cara bípede e todos os que por ventura passarem por aqui e sentirem que realmente, podem entrar sem cerimônias.
E quanto a você, Bípede, saber que você gosta de estar por aqui no Sem Cerimônias me deixa toda prosa e orgulhosa, pois não é diferente quando acesso, todos os dias, as tuas memórias, tão doces, lúdicas e verdadeiras, assim, como a vida tem que ser.

3 comentários:

Anna Oh! disse...

Escrever é sempre uma experiência nova, cheia de mistério, espontaneidade e elementos inexplicáveis! Mas é maravilhoso, ah se é. Tanto escrever qto ler =)

Bjusss

Claudinha disse...

Se é! Ainda mais se por aqui começar a pintar a turma do Divã!!Acompanho vcs e me divirto muito com o blog!
Obrigada pela visita!
bjos

bípede falante disse...

Tenho de sair em minutos para pegar o meu pequeno bípede e ir para a minha piscina, mas não posso sair sem dizer o quanto gosto de entrar aqui, sentar, tomar um suquinho e ler o seu blog. Está sendo redentor!