terça-feira, 26 de janeiro de 2010

O amor que acontece

Então é assim. Você nasce, cresce e acha que quando é gente grande conhece o amor. Encontra o "the one" e resolve que sim, o amor acontece e você não consegue viver sem a criatura e duas pessoas resolvem ter uma só vida, uma só casa, os mesmos problemas e outros tantos diferentes, e muitas alegrias e muitas risadas, e muitas conversas e o amor que só faz crescer, e de tanto espaço que precisa transcende e transborda os dois indivíduos que de tanto amarem-se não cabem mais somente em si mesmos e no amor que lhes pertence, e eis que esse amor transforma-se e cria um ser que agora sim faz você entender o que é o amor, aquele incondicional, visceral, completo e constante, sem medida e sem limites, sem barreiras ou escolhas. Ele existe e é inconfundível. O amor de uma mãe por seu filho.

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Amizade

A saudade é a falta potencializada
Impregnada em memórias e lembranças
Amizade que o coração alcança
Mesmo que os braços para os abraços
Permaneçam distantes.