quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Expectativas


A vida é feita de expectativas. As expectativas são feitas pelas pessoas. E as pessoas são diferentes. Aqui mora o perigo. Você faz tudo que está ao seu alcance. Tenta não esquecer nada, se esforça ao máximo para andar lado a lado com a perfeição, mesmo sabendo que ela não existe e que você pode falhar. No fim, você não espera por louros, troféus ou cartas de parabenização. Você só espera que o outro considere o que você fez, por mais que não tenha atendido à todas as expectativas, pois afinal, você deu o melhor de você no momento em que era possível fazer isso. Você errou? Falhou? Não deu o máximo do seu esforço ou potencial? Algumas vezes pode ser que sim, porém, em outras, apenas não atendeu às expectativas de alguém que não tem o mesmo olhar que você tem, o mesmo ritmo. Nessas horas é preciso jogo de cintura, ponderação (de ambas as partes) e muita paciência. As expectativas foram feitas para se ter um ponto no horizonte, um objetivo a ser alcançado, e não uma tortura diária de frustações. Por isso é preciso ficar atento, não às expectativas em si, mas sim nos pontos no horizonte. Às vezes não chegamos neles exatamente como gostaríamos. Porém, o que realmente importa é chegar lá.

Um comentário:

Leo disse...

Perfeito!

Concordo em tudo com o que vc disse...

Há uns anos atrás talvez eu fizesse algumas coisas com a expectativa de que ganharia algo em troca, ou algum reconhecimento...mas muitas vezes me decepcionei

Hoje tudo que faço eu vejo como meu crescimento. Sempre tentando melhorar...Tento aumentar minhas expectativas quanto a mim e diminuí-las quanto aos outros.

beijos