sábado, 5 de outubro de 2013

Partida e chegada

Se reconhece como incompleta, pássaro com asas mas com medo de voar. Rio que corre sem um mar onde chegar, e por assim se sentir acaba sumindo, findando num vazio. Coração fica apertado, com vontade de parar. Respira e lembra. Ainda vive, ainda caminha e é notada, mesmo que a partida pareça a única chegada.

Nenhum comentário: