terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Às avessas

Tenta escrever mas não consegue. Anda assim, meio sem inspiração. Apenas para se justificar, deixa algumas linhas falarem o que não consegue. Ler tem sido o remédio, ou a solução? Aguarda pela luz, para voltar a normalidade. Vai ver a culpa é de um certo Erico Veríssimo e sua saga de sete livros que ela insiste e não se cansa de ler e reler...Sem falar nos famigerados editais, que insistem em não aparecer. E assim ela segue, navegando, sem rumo muito certo, mas com a água sempre a bater quase no pescoço. Sabe onde está o farol, só precisa enxergá-lo.

3 comentários:

Silvestre Gavinha disse...

Querida,
Ler é sempre o melhor remédio.
O travesseiro é outro.
O ócio criativo é uma delícia.
Se estás sem rumo, caminha.
Sem destino, sem lenço. Com tênis e documento.
O Lacan dizia que pensava com os pés.
Teu caminho sempre está dentro.
O farol brilha, mas tem que mergulhar para achá-lo.
Eu que nem tô mais tão perdida, também, passei há muito da idade para isso. Mas não me acho tanto assim também. Acho meus atalhos correndo. Mas também não ando escrevendo no blog. Não falta inspiração, falta tempo e organização. Passo a maior parte do tempo escrevendo no blog dos meus amigos. Acabo escrevendo umas coisinhas inspiradas às vezes. Mas essa troca me alimenta muito. O blog espera.
Que seja realmente um bom ano.
Beijo enorme
Marie

Claudinha disse...

Marie, sabe que comecei a correr? (literalmente!)É a sensação mais gostosa que já experimentei nos últimos tempos...liberdade, superação, desafio...corro para oxigenar, limpar, revitalizar, pensar...quem sabe um dia não nos encontramos em alguma maratona?
Beijos querida
claudia

Silvestre Gavinha disse...

Claudinha,
Correr é meu melhor vício.
Cura tudo.
Minha meditação.
Minha cocaína.
Hoje não fui ainda, pois fiquei neste vício aqui até às 4h da madruga.
Vou à tarde.
Agora trabalhar.
Que bom que gostasses do poema.
A pessoa que o viveu é maravilhosa.
Contou-me a história que me encantava a tempos.
Essa madruga conversava com o Dauro e via suas fotos. Essa me encantou. Juntei os dois.
Beijinhos Krida.
Trabalhar, trabalhar....
Beijo.